Site Overlay

Marketing e comunicação de marketing – marcom

É muito comum que os termos “marketing” e “comunicação de marketing” ( marcom ) são às vezes usados ​​de forma intercambiável. No entanto, embora estejam relacionados, eles não se referem aos mesmos conceitos.

Ao trabalhar na estratégia de marketing para o seu negócio, certifique-se de entender as diferenças entre marketing e marketing de comunicação ou vise e versa, para que você possa efetivamente criar um plano para atrair clientes em potencial para comprar seu produto.

Marketing e comunicação de marketing - Qual a diferença?

Entendendo Marcom vs. Marketing

Marketing e comunicação de marketing também conhecido como ( marcom ), são áreas relacionadas aos negócios, mas não são a mesma coisa.

O que é Marketing?

Marketing refere-se ao amplo conceito de desenvolvimento de estratégias para satisfazer os clientes com produtos e mensagens atraentes.

O que é comunicação de marketing?

Por outro lado, a comunicação de marketing ou marcom, é um subconjunto de marketing que usa táticas promocionais específicas para implementar as estratégias gerais de marketing.

Como criar estratégia de marketing?

Para criar uma estratégia de marketing eficaz, a empresa precisa começar entendendo o mercado-alvo. Essas são as pessoas cujos problemas os negócios podem resolver com seus produtos e serviços.

Em vez de atingir todos os consumidores disponíveis, muitas empresas optam por segmentar o mercado usando uma combinação de quatro categorias:

  1. Demografia: ao segmentar o mercado, as empresas podem categorizar por idade, sexo, raça, religião, etnia, ocupação, renda familiar, status familiar e classe social. Por exemplo, uma empresa pode atingir mulheres de 50 a 65 anos que estão aposentadas e que têm netos.
  2. Geográfico: esse tipo de segmentação analisa onde estão as perspectivas dos clientes em potencial. Além de sua localização, as empresas podem considerar o clima, a densidade populacional e o tamanho da região. Por exemplo, uma empresa pode ter como alvo pessoas que vivem em climas frios com alta densidade populacional.
  3. Comportamental: ao segmentar o mercado comportamental, as empresas observam como as perspectivas se comportam em relação ao produto. Isso depende da lealdade à marca, familiaridade com a marca, conhecimento do produto, frequência de uso, lugar no funil de vendas e frequência de compra. Por exemplo, uma empresa pode segmentar clientes fiéis que fizeram compras pelo menos três vezes nos últimos 12 meses.
  4. Psicográfico: esse tipo de segmentação analisa o estilo de vida das perspectivas. Ele leva em consideração suas opiniões, atitudes, hobbies, atividades, valores e ética. Por exemplo, uma empresa pode segmentar pessoas que gostam de jogar futebol como atividade recreativa.

Desenvolvendo o perfil de cliente

Depois que uma empresa identifica qual segmento de mercado será alvo, está em melhor posição para desenvolver sua estratégia de marketing, que também inclui seu plano de comunicação de marketing.

Usando as informações do segmento de mercado reunidas pela empresa, é essencial desenvolver um perfil de cliente.

Este é um documento de referência que os funcionários podem usar ao desenvolver estratégias e planos táticos e ajustar campanhas para obter melhores resultados.

Criar e entender o objetivo do Marketing

O objetivo do marketing é entender as necessidades do mercado-alvo da empresa e trabalhar para satisfazer essas necessidades melhor do que os concorrentes.

Geralmente considerado uma reflexão tardia, uma vez que o produto foi desenvolvido, o marketing está realmente profundamente conectado ao início do produto.

Ao considerar o que vender em um negócio, os líderes da empresa procuram entender o que seu mercado-alvo precisa.

Eles oferecem produtos e serviços que ajudam seu mercado-alvo a resolver problemas e o fazem de maneira única em qualquer negócio competitivo.

O conceito de marketing envolve quatro elementos-chave, também chamados de mix de marketing, que formam a estratégia fundamental que toda empresa usa para vender seus produtos:

  1. Produtos
  2. Lugar exposto
  3. Preço do produto
  4. Promoção

Usando esses quatro elementos, as empresas podem desenvolver estratégias que lhes permitam atender às necessidades de seu mercado-alvo.

O que é importante observar é que cada um desses quatro elementos precisa ser cuidadosamente alinhado. Se um elemento não funcionar com o restante, os clientes em potencial receberão mensagens conflitantes que podem impedi-los de comprar o produto.

Por exemplo, se a empresa vende roupas feitas de materiais reciclados, não é aconselhável embalá-las em plásticos descartáveis, o que contraria o conceito de sustentabilidade promovido pelas roupas.

Comunicação e Marketing para produto e serviços

Marketing para produto e serviços

A estratégia de marketing começa com o produto ou com o serviço, que é o que a empresa oferece aos seus consumidores. Estes podem ser produtos físicos ou serviços intangíveis.

Ao desenvolver o produto, a empresa precisa considerar as respostas para estas perguntas:

  • Que tipos de problemas o mercado-alvo enfrenta com o qual podemos ajudar?
  • Há concorrentes também tentando ajudar a resolver esse problema?
  • Como podemos ajudar o mercado-alvo de uma maneira única?
  • O que podemos oferecer aos nossos clientes para mantê-los satisfeitos?

Por meio dessa pesquisa, as empresas podem determinar que tipo de lacunas existem no mercado e onde podem encontrar algumas oportunidades de crescimento.

É imperativo considerar o que os concorrentes estão fazendo, pois isso ajuda as empresas a entender quais áreas do mercado estão saturadas e têm forte concorrência.

Além de descobrir que tipo de produto oferecer, as empresas também precisam considerar o tipo de embalagem que usarão para vender seu produto.

Por exemplo, um produto para bebês e crianças pequenas não pode ser contido em uma embalagem com cantos afiados, pois isso pode ser perigoso.

A embalagem do produto precisa trabalhar com os objetivos gerais do próprio produto.

Estabelecendo o preço do produto

É imperativo que uma empresa entenda o valor percebido do produto pelos clientes.

Se a empresa precificar o produto acima do valor percebido, é improvável que ele seja vendido.

Se a empresa precificar o produto mais baixo do que o valor percebido, os clientes poderão mudar sua percepção uma vez observando o preço baixo.

Compreender o valor percebido do produto pelos clientes ajudará a empresa a determinar o preço certo.

Ao considerar o preço do produto, também é importante entender o preço médio de mercado. As empresas precisam pesquisar produtos competitivos no mercado e observar esses preços.

A empresa pode decidir se deseja precificar seu produto da mesma forma que o preço médio competitivo ou se deseja aumentar ou diminuir.

Por exemplo, preços mais altos que os da concorrência podem enviar uma mensagem de luxo e exclusividade. Preços mais baixos podem mostrar muito ou enviar a mensagem de um valor percebido mais baixo.

Marketing relacionado ao preço

Outros elementos que as empresas precisam ter em mente ao definir o preço de seus produtos são:

  • Rentabilidade: quais são as metas de lucratividade da empresa e como o preço pode ajudá-las a alcançar isso?
  • Distribuição: como o produto chegará ao consumidor? É necessário adicionar despesas de frete ou frete?
  • Marcação: a empresa está vendendo diretamente ao consumidor ou existe uma entidade intermediária? Qual será a marcação para ainda oferecer o produto a um preço competitivo?
  • Vendas: a empresa oferecerá descontos e promoções de preços? Como isso afetará o preço de varejo do produto?

Marketing no local de vendas

O local de vendas refere-se ao local onde o produto será vendido ou exposto para o consumidor.

As opções podem incluir uma loja de varejo, loja online, loja pop-up ou nicho de mercado.

Ao decidir onde vender o produto, é importante considerar onde o mercado-alvo gosta de comprar.

Voltando ao perfil do cliente, é importante que as empresas determinem a maneira mais fácil conveniente para o cliente comprar o produto.

Por exemplo, se uma empresa tem como alvo idosos com 65 anos ou mais de idade que não possuem conhecimentos de informática, ter uma loja online como único ponto de venda não será uma estratégia eficaz.

Em vez disso, a empresa vai querer criar lojas pop-up em residências para idosos ou no centro de idosos.

O que é uma Loja Pop Up?

— “O conceito de uma Pop Up Store é simples: são lojas temporárias de uma determinada marca num espaço físico. Tem vindo a crescer a utilização destas lojas por parte de negócios virtuais, que de outra forma não possuem locais físicos de venda ao público. Este tipo de lojas promovem um conceito de exclusividade e um conjunto de outras vantagens, tanto para as marcas que estão a dar os seus primeiros passos, como para aquelas com grande presença no mercado.”

Opções de promoção de Marketing

O elemento de promoção é como a empresa comunica os benefícios dos produtos ao mercado-alvo. É aqui que o elemento da comunicação de marketing entra em jogo.

O objetivo da comunicação e das promoções de marketing é convencer o mercado-alvo a comprar os produtos usando mensagens eficazes.

Para capturar a atenção dos consumidores, as empresas precisam criar uma estratégia de conteúdo para seus esforços de marketing. Isso inclui o desenvolvimento de:

  • Proposta de valor exclusiva: o que diferencia o produto dos produtos competitivos disponíveis no mercado
  • Principais benefícios: três a cinco razões únicas para o produto ajudar o mercado-alvo a resolver o problema

Quando as mensagens são desenvolvidas, a empresa precisa decidir quais veículos promocionais serão usados ​​para espalhar as comunicações que eles desenvolveram.

É importante olhar para o perfil do cliente para determinar onde o mercado-alvo está localizado.

O mercado-alvo prefere jornais impressos do que jornais digitais?

Eles participam de eventos locais?

Tipos de comunicação de marketing para pequenas empresas

As maneiras táticas de usar a comunicação de marketing para compartilhar os benefícios do produto com o mercado-alvo incluem:

  • Publicidade: a publicidade envolve a empresa que paga por um espaço promocional para divulgar sua mensagem. A publicidade geralmente atinge um público amplo com uma mensagem ampla. Se a empresa deseja atingir seu público-alvo, ela precisa considerar a publicidade em publicações de nicho e usar uma mensagem altamente segmentada. As opções de publicidade incluem TV, rádio, outdoors, publicações impressas, publicações on-line, anúncios de texto em mecanismos de pesquisa, anúncios de remarketing, anúncios de mídia social e muito mais.
  •  Vendas pessoais: nesta forma de comunicação de marketing, a empresa lida diretamente com os clientes, pessoalmente ou por telefone, com o objetivo de convencê-los a comprar o produto. Embora seja uma ferramenta promocional cara, é útil para criar relacionamentos com clientes potenciais e estabelecer uma conexão pessoal.
  • Promoções de vendas: o objetivo desta tática da marcom é aumentar a receita em um curto período de tempo, oferecendo descontos, ofertas de compra-uma-uma-uma e outros tipos de vendas. É usado para incentivar novas perspectivas e recompensar clientes fiéis.
  • Marketing direto: essa tática da marcom envolve direcionar um pequeno subconjunto do mercado-alvo por email direto, mensagem de texto, correio ou telefone e apresentar a eles uma mensagem altamente personalizada para convencê-los a fazer uma compra.
  • Relações públicas: O objetivo deste veículo promocional é gerenciar a reputação da empresa em público por meio de comunicados à imprensa, entrevistas com a mídia, patrocínios e eventos da comunidade. Trata-se de mostrar ao mercado-alvo que esta é uma empresa com a qual eles desejam fazer negócios.

Comunicação Integrada de Marketing

A diferença entre comunicação de marketing e comunicação de marketing integrada é que o último se concentra na criação de uma campanha coesa que reforça a mesma mensagem.

Com a comunicação de marketing integrada, as empresas garantem que todos os seus esforços da marcom estejam alinhados para apresentar ao mercado-alvo uma mensagem coesa e consistente em todos os pontos de contato .

Há muitos benefícios da comunicação integrada de marketing, incluindo:

  • Criando uma imagem de marca memorável
  • Oferecendo uma experiência consistente ao usuário
  • Estabelecendo conhecimento na indústria
  • Manter-se atualizado para os consumidores

Ao garantir que todos os meios promocionais trabalhem juntos em uma campanha unificada, a empresa pode garantir que seu mercado-alvo receba mensagens reforçadas que lembrem os benefícios dos produtos.

Isso pode ajudar os consumidores a tomar a decisão de compra mais rapidamente e aliviar qualquer confusão sobre os benefícios do produto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *